Pesquisas confirmam a qualidade da água para irrigação produzida pelo Bioágua Familiar

coleta_amostra_agua_topo

No Semiárido nordestino, que é marcado por um clima com grandes variações pluviométricas e longos períodos de estiagem, cada gota de água é importante para as famílias agricultoras. Por isso, propostas como o Sistema Bioágua Familiar, que reutiliza a água cinza (oriunda das pias, chuveiros e tanques da residência, com exceção da água do vaso sanitário) para irrigação de hortas e pomares, são importantes e eficientes instrumentos para potencializar a quantidade de água disponível. No entanto, como promovem o reuso de água cinza, sua implantação, operação e manutenção devem ser feitas criteriosamente, de forma a se evitar problemas de degradação do solo, a exemplo da sua salinização.

Para avaliar a qualidade da água cinza tratada pelo filtro biológico do Sistema Bioágua Familiar, de modo a confirmar que esta pode ser utilizada para irrigação de quintais produtivos, o Projeto Bioágua Familiar monitorou parâmetros físico-químicos da água antes e depois do tratamento no filtro biológico. Foram analisados o potencial hidrogeniônico (pH), a condutividade elétrica (CE), a razão de adsorção de sódio (RAS), sólidos dissolvidos totais (SDT), cálcio, magnésio, sódio, potássio e bicarbonato.

20150213_104747

Os parâmetros foram classificados de acordo com Ayers &Westcot,   levando  em  consideração  os  valores  médios  da  água  cinza  tratada (efluente). Os resultados demonstram que o efluente tratado se encontra dentro da faixa recomendada para irrigação e que, portanto, é possível utilizar a água cinza tratada pelo Sistema Bioágua Familiar na irrigação. O plantio deve, porém, estar associado às práticas agroecológicas de manutenção da matéria orgânica do solo e a infiltração.

A água cinza tratada pelo Bioágua Familiar pode proporcionar o retorno de nutrientes ao solo, no entanto o excesso de sais pode ocasionar a salinização. Concentrações de sódio em excesso na água em relação aos outros cátions (cálcio e magnésio) resultam normalmente em sodicidade, perda da estrutura e diminuição da infiltração da água no solo.

Os resultados dos monitoramentos nos Sistemas Bioágua Familiar estão disponíveis em boletins com uma breve análise técnica de fácil compreensão, disponibilizados ao público no site do projeto, na sessão referente ao banco de dados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s